terça-feira, 21 de agosto de 2012

sequência didática


AS FRUTAS NA NOSSA ALIMENTAÇÃO
OBJETIVOS
Ampliar os conhecimentos sobre as frutas e tudo que as envolve;
Observar, tatear, cheirar, degustar, registrar e comunicar algumas semelhanças e diferenças entre as frutas;
Conhecer os benefícios das frutas a saúde humana, principalmente as vitaminas nelas existentes;
Ler para localizar informações;
Avançar no conhecimento sobre o funcionamento do sistema de escrita e na aquisição da leitura e da escrita convencional.

CONTEÚDOS E DISCIPLINAS ENVOLVIDAS

Português: leitura e escrita de listas, ordem alfabética, vogais e consoantes, sílabas, diferentes gêneros textuais (listas, receitas, cardápios, músicas, poesias).
Matemática: sequência numérica, quantidade, gráficos, peso, adição, subtração.
Ciências: saúde, vitaminas, alimentação, higiene, valor nutricional das frutas;
História e geografia: família das frutas, frutas da nossa região, consumo, matéria-prima para a agroindústria , alimentos naturais e industrializados, frutas mais populares, as quatro estações: outono, a estação das frutas.

METODOLOGIA / PROCEDIMENTOS / CRONOGRAMA


TEMPO ESTIMADO: A previsão é de 13 aulas ( 2 por semana), podendo se estender caso haja necessidade.

1ª aula: Frutas preferidas dos alunos.
Através de uma conversa informal conversar com os alunos sobre a importância das frutas na alimentação.
Explorar a grande variedade de frutas existentes perguntando quais são as s que os alunos conhecem;
Pedir que os alunos escrevam em uma folha a fruta que mais gosta e depois oralize para a turma;
Registrar no quadro as frutas que foram ditas, depois fazer a leitura;
Confeccionar um gráfico das frutas preferidas da turma;
Atividade: folha xerografada com gravuras de frutas e seus nomes para pintar e fazer a correspondência.

2ª aula: ABCdário das frutas
Registrar uma fruta para cada letra do alfabeto de acordo com o conhecimento dos alunos;
As letras que não souberem, fazer pesquisa no laboratório de informática para descobrir tais frutas;
Voltar e preencher o abcdário;
Bingo das frutas
Atividade escrita: em casa escrever nomes de três frutas que comecem com a mesma letra de algumas frutas do abcdário.


3ª aula: Música: Pomar – Palavra Cantada
Depois do abcdário e de terem falado em várias frutas, perguntar se sabem de onde vem cada uma das frutas citadas explicando que cada uma vem de uma árvore diferente, com um nome diferente. Perguntar de onde vem a maçã, o mamão, a goiaba, etc...
Ouvir a música;
Entregar cada verso da letra da música para os alunos e ao ouvi-la ir montando-a em uma folha de papel madeira;
Depois de pronto o cartaz com a letra da música, ler com os alunos as frases/versos.
Possibilitar que os alunos ouçam a música mais uma vez para que se familiarizem com a melodia e com a letra da canção;
Solicitar aos alunos que, enquanto ouvem, acompanhem a letra da música com o dedo;
Observar se e como os alunos fazem o ajuste entre o que ouvem e o que está escrito;
Escolher algumas palavras e solicitar que os alunos as encontrem, circulando-as com o lápis;
Pedir que expliquem como encontraram e como sabem que é a palavra ditada;
Levar os alunos ao laboratório de informática e para que vejam o vídeo da música ou apresentar através do data-show;
Atividade escrita xerografada: escrever os nomes das árvores frutíferas de acordo com cada fruta.

4ª aula: Poema de Cecília Meireles “O meu pomar”.
Leitura e interpretação do poema;
Desenhar em uma folha separando em um lado o pomar que Cecília Meireles não queria e no outro o pomar que ela queria;
Aproveitar que no poema fala de inverno e suas características para falar das quatro estações do ano (primavera, verão, outono e inverno), destacando o outono que é a estação das frutas;
Atividade escrita: cruzadinha das frutas


5ª aula: matéria-prima
Explicar que as frutas são alimentos naturais que servem de matéria-prima para muitos produtos industrializados;
Pedir que os alunos deem exemplos de produtos que são feitos de frutas;
Atividade escrita: registro de lista de produtos originados de frutas.

6ª aula: Música: salada de frutas - Xuxa
Apresentar a letra da música em uma folha xerografada;
Ler com a turma;
Ouvir a música e acompanhar a letra com o dedo;
Pedir que eles circulem os nomes de frutas que aparecem na letra;
Atividade escrita: Escrever os nomes das frutas que circularam, ou seja, que apareceram na letra da música.

7ª aula: Receita – parte I
Apresentar a escrita de uma receita e chamar a atenção para a estrutura textual desse gênero;
Mostrar as partes que compõem uma receita ( primeiro os ingredientes depois o modo de fazer)
Atividade escrita: pedir que os alunos peçam as mães que escrevam uma receita de algum alimento feito com frutas e tragam no dia posterior;

8ª aula: Receita – parte II
Ao chegarem na sala, socializar o nome da receita que cada aluno trouxe e anotar no quadro;
Observar se os textos trazidos obedeceram a estrutura adequada;
Organizar um livro com as receitas trazidas.

9ª aula: Bilhete
Apresentar a escrita de um bilhete para que os alunos identifiquem as partes que o compõe;
Falar de cada parte dele;
Ler diversos bilhetes para os alunos, com o fim de que eles fixem mais a estrutura desse gênero textual;
Produção textual coletiva: Escrever um bilhete para casa pedindo que tragam, no dia seguinte, uma fruta para fazermos uma salada.

10ª aula: Brincando com as frutas
Conversar sobre vitaminas e sais minerais presentes nas frutas;
Ao ter as frutas na sala, colocar uma venda nos olhos de cada criança e lhe entregar uma fruta, depois pedir que cheire-a, apalpe-a e tente adivinhar que fruta é aquela.
Depois da brincadeira, deixar os alunos a vontade para pegar e apalpar todas as frutas presentes. Nesse momento chamar atenção para os tamanhos das frutas (qual a fruta é maior quê, ou menor quê), os seus pesos (qual fruta é mais pesada quê ou menos pesada quê?), cores, e formas. Para falar das formas das frutas poderá trazer também para esse momento os sólidos geométricos e daí pedir para as crianças compararem os sólidos com as frutas, e daí ir questionando: Existe alguma fruta que se pareça com alguns sólido? Será que tem alguma fruta em forma de um cubo?
Fazer com que as crianças percebam que a maioria das frutas têm o formato circular, os atributos que fazem parte dos sólidos que têm este formato, em confronto com aqueles como cubo, pirâmide etc que possuem vértices, questionando: se tem lados, se rolam, quantos lados têm?
Teatro de fantoches de frutas: “Histórias das frutas” (para esse teatro também poderá ser confeccionado fantoches – pirulitos com máscaras de frutas).
Atividade escrita: folha xerografada com imagens das frutas mais populares (banana, laranja, maçã, melancia, mamão, melão, goiaba, uva, manga...) e as vitaminas existentes em cada uma delas, para escrever seus nomes e pintar as gravuras.

11ª aula: Culinária: salada de frutas
Pegar todas as frutas guardadas do dia anterior;
Explanar a questão da higienização das frutas antes de consumí-las, bem como as mãos e utensílios usados no preparo da receita;
Apresentar a receita da salada de frutas;
Depois desse momento, lavar as mãos, as frutas e cortá-las, possibilitando ainda que as crianças percebam as sementes e os sabores de cada fruta.
Após cortar todas as frutas, poderá ser servida uma salada de frutas ou até possibilitar que as frutas sejam servidas separadamente.
Ao final, solicitar que as crianças registrem, através do desenho, esse momento.

12ª aula: Digitação – Laboratório de informática
Registrar no quadro os nomes das frutas usadas na salada;
Digitar esses nomes.

13ª aula: Culminância
Na feira de Ciências da Escola, expor algumas frutas com o seu valor nutritivo, bem como fazer a degustação. (Essa aula poderá acontecer no decorrer do projeto, caso chegue a data e ele ainda não ter passado por todas as etapas).


RECURSOS A SEREM UTILIZADOS

Quadro, giz, lápis, borracha, coleção, caderno, cartolina, papel madeira, lápis piloto, cola, tesoura, gravuras de frutas, folhas de papel A4, CDs, aparelho de som, computador - internet, impressora, projetor multimídia (data show), máquina de xerografar, livros, televisão, DVDs, frutas, câmera fotográfica.

AVALIAÇÃO E RESULTADOS ESPERADOS

Devem-se criar pautas de observação para as situações de conversas, para as brincadeiras e para os momentos de registro do projeto;
A Avaliação deverá ocorrer ao longo de toda a sequencia didática, levando em consideração tanto a participação e interesse das crianças, como a adequação das propostas levadas a elas;
Analisar a capacidade de atenção e concentração da turma nas atividades propostas;
Avaliar se conseguiram ler e escrever o nome das frutas associando às suas respectivas imagens;
Identificar o avanço em relação ao código escrito do aluno;
Avaliar as dificuldades de cada aluno em relação à escrita e leitura;
Observar através da oralidade e outros registros (desenhos) a compreensão de cada conceito aqui trabalhado
Analisar se a partir desse trabalho as crianças têm demonstrado interesse pelo consumo de frutas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário